Mais

    CEO da Hand Talk é eleito Empreendedor do Ano pela EY

    Publicidade

    Ronaldo Tenório, CEO e co-fundador da Hand Talk, foi premiado como Empreendedor do Ano pela EY, empresa líder global em auditoria, impostos, transações e consultoria. O prêmio foi pelo reconhecimento de seu trabalho com sua SocialTech, na categoria Impacto Socioambiental. A startup é focada na inclusão da comunidade surda, com a missão de quebrar barreiras de comunicação entre pessoas surdas e ouvintes por meio da tecnologia. A 24ª edição da cerimônia do Prêmio Empreendedor do Ano ocorreu no dia 16 de fevereiro com transmissão online, e ao longo dos anos já homenageou mais de 300 brasileiros.

    A ideia para a criação da Hand Talk surgiu em 2008, durante um projeto de faculdade quando Ronaldo ainda estava estudando publicidade. Originalmente, o negócio consistia em um aplicativo tradutor de bolso de português para Libras (Língua Brasileira de Sinais), o que hoje é o Hand Talk App. Na época, o empreendedor viu a oportunidade de unir duas de suas paixões – a tecnologia e a comunicação – para resolver um problema global e ajudar milhões de pessoas. O projeto ficou guardado por quatro anos, até que tomou forma em 2012, quando Ronaldo se juntou a dois amigos, hoje seus sócios, Carlos Wanderlan (Analista de Sistemas) e Thadeu Luz (Arquiteto especialista em 3D).

    Publicidade

    A startup cresceu, ganhou diversos prêmios e hoje é referência quando se fala de acessibilidade digital. Enquanto isso, Ronaldo continuou sendo reconhecido por seu trabalho, sendo eleito pela Folha de São Paulo como o mais promissor Empreendedor Social no Brasil, pela Revista Forbes como um dos jovens mais promissores do país e pelo MIT (Massachusetts Institute of Technology), como um dos 35 jovens mais inovadores do mundo.

    Ronaldo afirma que a premiação é fruto do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Hand Talk e que esse tipo de homenagem pode ajudar a startup alagoana a ser ainda mais conhecida pelo mercado. “Essa homenagem é fruto de muito trabalho e nos indica que a Hand Talk está seguindo o caminho certo no quesito geração de impacto. Assim, podemos ser ainda mais reconhecidos pelo mercado, podendo agregar ainda mais no que se refere nos campos da acessibilidade e inclusão”, comenta Ronaldo.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui