Mais

    Confeitaria: empresa transforma a vida de micro empreendedores por meio da tecnologia

    Publicidade

    A tecnologia é uma importante ferramenta de empresas que trabalham com B2B, o bussiness do bussiness, no qual a troca de conhecimento interfere diretamente no faturamento e no crescimento dos negócios. A Sulformas, uma das principais players do mercado de confeitaria e bakery e maior distribuidora do país de formas ecofriendly, tem em seu portfolio cerca de 300 produtos e uma rede de compradores composta por microempreendores de cerca de 6,8 mil pessoas. A empresa comercializa produtos em mais de 1.100 pontos de revenda pelo país e possui uma loja online com entrega em todo o Brasil, mas tem nas lives uma das principais forças propulsoras.

    “Oferecemos workshops e técnicas de receitas e empreendedorismo para os confeiteiros entenderem como gerir um negócio. O interessado aprende a vender mais, a organizar os custos, montamos parcerias com grandes chefs para ministrar aulas sobre confeitaria, até um podcast estamos lançando”, conta Anderson Oliveira, sócio-diretor da Sulformas ao lado de Charles Erthal.

    Publicidade

    De acordo com o sócio-diretor da Sulformas, a pandemia fez com que as pessoas buscassem uma nova fonte de renda e fazer doces e bolos em casa para vender tornou-se uma maneira viável para a grande maioria. “Isto culminou em uma busca pelo conhecimento e encontramos nesta oportunidade uma chance de crescimento. Conseguimos ofertar conhecimento, o que contribui para o empreendedorismo e, logicamente, faz aumentar a venda dos nossos produtos. Porém, esse aumento vem de forma consciente e madura, já que o interessado pode iniciar um negócio com pleno conhecimento de mercado”, avalia Oliveira.

    Empresa lançou um podcast dedicado a confeitaria sustentável

    Os conteúdos ofertados pela Sulformas incluem receitas de faça e venda até de culinária francesa, mindset empreendedor, técnica de vendas, produtos e gestão de negócios. Outra frente explorada pela empresa e que está diretamente conectada a pandemia, é a criação de um podcast sobre o mercado. Recentemente o Ibope divulgou uma pesquisa em que aponta que o número de ouvintes acima de 16 anos saltou de 21 milhões em 2019 para 28 milhões em 2020 e que cerca de 40% da população de internet do Brasil, o que resulta em 50 milhões de brasileiros, já ouviu podcasts.

    Para Anderson Oliveira, a nova frente de comunicação faz parte da estratégia de auxílio ao microempreendedor. O SulformasCast vai abordar temas relacionados ao empreendedorismo, a criatividade e em personalidades com histórias de superação e sucesso, com convidados do universo da culinária. Entre os convidados, está Juliano Marasca, um dos primeiros vencedores do Que Seja Doce do GNT, e Juliana Nardelli, participante 8ª Temporada Masterchef Brasil. “Nosso grande mote é aumentar o empreendedorismo sustentável e o podcast é uma das ferramentas mais modernas na difusão de conhecimento”, finaliza.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui