Mais

    O que é ar-condicionado inverter?

    Publicidade

    .O verão chegou e, com ele, aquele calor que o brasileiro ama, mas de que sempre quer fugir. Afinal, calor é bom para a praia, piscina, um dia no parque. Mas para ficar dentro de casa, não. Por isso, cada vez mais, a população investe em ar-condicionado. Entre todos os modelos, um tem chamado mais atenção: o ar-condicionado inverter. Continue a leitura e conheça tudo sobre este modelo.

    De forma geral, o ar-condicionado inverter é o modelo que promete opções mais econômicas de refrigeração. Segundo as marcas produtoras, como Samsung e LG, eles podem economizar de 40% a 70% mais que os outros modelos em relação à energia.

    Publicidade

    Toda essa economia acontece porque o sistema inverter é responsável por regular o consumo de energia e a velocidade do compressor. Dessa forma, ele detecta a temperatura do ambiente, fazendo com que a potência diminua e aumente de acordo com a necessidade do local.

    Isso quer dizer que, se o cômodo estiver muito quente, a velocidade do compressor será mais alta e, consequentemente, o consumo de energia também. Mas, a partir do momento que o local baixa de temperatura ou resfria, a velocidade diminui e o consumo de energia também.

    Além disso, essa tecnologia faz com que o ar-condicionado chegue com mais facilidade e rapidez à temperatura solicitada, melhorando a eficiência em mais de 30% quando comparado aos aparelhos tradicionais.

    Vale lembrar que esses valores são baseados no uso correto do produto. Isso quer dizer, ligado em ambientes com portas e janelas fechadas, com pouca entrada de luz solar e no tempo adequado. Mesmo os modelos inverter, quando usados de forma errada, gastam energia elevada e não atingem a economia prometida. 

    Como escolher o modelo adequado?

    Publicidade

    Antes de tudo, é preciso saber a quantidade de BTUs que o seu ar-condicionado irá precisar. Isso depende do tamanho do cômodo, da quantidade de aparelhos eletrodomésticos e da entrada de luz solar. 

    Quando souber o número de BTUs adequado, busque por aparelhos com o selo Procel. Eles indicam a eficiência do produto e a nota, baseada nas tabelas e índices do Inmetro. Escolher o modelo com uma boa qualificação no Procel garante uma melhor eficiência energética e faz diferença na hora da conta de luz.

    Também é válido ficar atento ao consumo de energia médio, medido em kW/mês. Na internet existem diversos sites, como os da Light e Enel, que simulam o valor em dinheiro que essa medida significa. Faça as contas para ter em mente quanto a sua conta irá aumentar de acordo com a quantidade de tempo que você usará seu ar-condicionado inverter e escolha o que mais se adaptar à sua realidade.

    Vantagens extras dos modelos inverter

    Além das vantagens já citadas, os modelos de ar-condicionado inverter têm alguns outros benefícios, tais como:

    • melhor custo benefício;
    • são mais silenciosos;
    • costumam ser mais sustentáveis, já que o gás utilizado é mais ecológico que os convencionais;
    • maior durabilidade;
    • alguns modelos têm a tecnologia de aquecimento, para serem usados no inverno.

    Opções de ar-condicionado inverter

    Atualmente, já existem diversos modelos de inverter no Brasil. Marcas como Samsung, LG, Philco, TCL e Midea já fazem produtos como esses há alguns anos. E há opções para todos os padrões de consumo.

    Há modelos mais econômicos e para espaços menores, como Split High Wall Frio, da Philco, que promete ser suficiente para ambientes de até 25m². E há também opções para quem tem espaços maiores ou mesmo disponibilidade para um orçamento maior, como o Split Digital Inverter Frio, da Samsung, que tem a potência mais elevada.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui