O SEO ainda é uma estratégia importante para o marketing digital?

Publicidade

O Search Engine Optimization, ou apenas SEO, existe há quase tanto tempo quanto a internet. É uma das estratégias de marketing digital mais antigas, o que parece entrar em conflito com a essência da área, que é de constante atualização. Será que o SEO já se tornou coisa do passado?

Especialistas garantem que não, apesar de ser uma estratégia bem diferente hoje do que era há 5 ou 10 anos atrás. “Enquanto existirem ferramentas de busca, o SEO continuará sendo uma estratégia importante. A maneira com que ela é aplicada é que vai mudando e se transformando ao longo dos anos”, afirma Luiz Antônio Bezerra Leite de Queiroz, Head de Inbound Marketing da agência full digital ROCKY, que faz parte do grupo Media.Monks, uma das maiores holdings digitais no mundo.

Não são poucas as mudanças em questão. “SEO exige constância e atualização para acompanhar a constante evolução dos algoritmos de busca, que mudam constantemente, exigindo uma contínua adaptação das técnicas aplicadas”, aponta Queiroz. Segundo um artigo do Search Engine Land, estima-se que o Google altera o seu algoritmo de 500 a 600 vezes por ano, em média uma a duas vezes por dia. Nem todas essas mudanças afetam significativamente os resultados das pesquisas, mas algumas podem, sim, trazer impactos expressivos.

Para que SEO?

Publicidade

Para quem não está totalmente familiarizado com o termo, SEO trata-se do conjunto de técnicas e ações que tem como objetivo posicionar um site — mais especificamente, suas páginas — nas melhores posições dos motores de busca (Google, Bing, etc.). Essas técnicas variam entre sites e nichos, mas sempre cobrem âmbitos de performance e de conteúdo. Ou seja, a maneira como o site se apresenta e o que ele tem a oferecer são pilares para o SEO.

E o que o negócio ganha ao ocupar boas posições nas buscas? A prospecção de clientes é o primeiro ponto. A internet é o primeiro lugar em que as pessoas vão procurar informações de um produto ou serviço antes de adquiri-los; portanto, a página que encontram com respostas para suas dúvidas costuma ser o primeiro contato com a marca. Além disso, as técnicas de SEO obrigatoriamente seguem práticas de melhoria da experiência do usuário — o Google, principal buscador do mercado, faz exigências nesse aspecto. Boas experiências online potencialmente se traduzem em uma boa imagem da empresa para o público.

O crescimento do marketing digital aumentou estrondosamente a concorrência, especialmente na área de mídias pagas. Assim, as técnicas de ganho orgânico, como é o caso do SEO, fazem um contraponto necessário. Luiz Antônio explica: “Conforme muitas marcas utilizam estratégias de mídias pagas, a tendência é que a concorrência dos anúncios vá aumentando. Temos algumas regiões, como por exemplo nos EUA, em que a concorrência é tão alta, que o custo desses anúncios acabou ficando inviável para muitas empresas, pois o investimento necessário é gigantesco. Nesse cenário, as estratégias de SEO acabam se estabelecendo como uma prática muito mais rentável, uma vez que o seu principal custo é apenas mão de obra, não exigindo um investimento direto”.

Os resultados podem ser surpreendentes. Um exemplo de sucesso é o blog da DogHero, que aumentou em 25 vezes o tráfego graças às técnicas apropriadas de SEO.

O SEO de 2021

Apesar da importância indiscutível, de acordo com Queiroz, o Search Engine Optimization requer mudanças para se manter relevante.

Hoje, a estratégia se mostra mais eficaz ao seguir algumas práticas que não eram priorizadas nos anos anteriores, ou mesmo nem eram aplicadas. Já existem os aprimoramentos de conteúdo — foco em qualidade, com palavras-chave na medida certa e uma série de detalhes que facilitam o consumo; e os aprimoramentos de performance — cuidados com a estrutura do site, com a versão mobile, velocidade de carregamento, entre outros. Agora, também vale integrar o SEO com outras atividades.

“As frentes de Social Listening, com Brand Relevance, são estratégias focadas em aumentar a relevância digital do negócio na internet, atuando diretamente no quanto uma marca é pesquisada no Google, o quanto as pessoas estão falando sobre ela nas redes sociais (social signals) e também o quanto outros sites mencionam a marca”, o profissional detalha. “Todos esses fatores influenciam indiretamente em um bom posicionamento orgânico”.

Por fim, talvez um dos aspectos mais cruciais para o sucesso do SEO é justamente a atualização que o faz relevante até hoje. As centenas de updates que o Google realiza anualmente tem como objetivo principal melhorar a experiência do usuário. Portanto, as empresas devem acompanhar de perto para não ficar para trás, presas em um SEO do passado que, aí sim, tornou-se ultrapassado.

Luiz Antônio oferece algumas dicas para isso: “Para se manter atualizado, existem diversos portais em que é possível acompanhar notícias sobre as evoluções no algoritmo do Google. Dentre eles, podemos citar o MozSearch Engine LandSearch Engine Journal, e também ferramentas como o próprio SEMRush, que monitora e sinaliza  possíveis updates. Outra fonte de informação interessante é seguir o Twitter de referências no mundo do SEO, como o John Mueller, Webmaster do próprio Google”, finaliza.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui