quinta-feira , 29 fevereiro 2024
Ínicio Noticias Destaque Pix, cartão e NFC: como evitar golpes financeiros no Carnaval 2024
DestaqueNoticias

Pix, cartão e NFC: como evitar golpes financeiros no Carnaval 2024

Um em cada três foliões realiza pagamentos com o celular; especialistas dão dicas para realizar transações com segurança

64

O Carnaval 2024 se aproxima e, enquanto foliões se preparam para os dias de festa, especialistas alertam para o cuidado com golpes financeiros que podem ocorrer durante os blocos, especialmente com o aumento do uso de tecnologias como Pix e pagamento por aproximação (NFC). Conforme levantamento do Mercado Pago, entre os entrevistados que levam celular para o Carnaval, um em cada três realiza pagamentos com o aparelho.

Segundo Cristiano Maschio, especialista em serviços financeiros e diretor da fintech Qesh, as tecnologias oferecem alternativas mais eficientes do que métodos tradicionais: “O cenário evidencia a preferência dos consumidores por transações rápidas e eficientes. Pagamentos instantâneos e por aproximação surgem como alternativas ágeis, impulsionando a fluidez das transações durante períodos festivos”, afirma.

Novidades do Open Finance e Pix prometem impactar positivamente o setor financeiro em 2024

No entanto, estudo realizado pelo Serasa, em 2023, apontou que 74% dos brasileiros já deixaram de participar de alguma comemoração no Carnaval por receio de fraudes na data. Na lista de preocupações, estão: clonagem de cartão, empréstimos e financiamento em nome do usuário.

Para realizar transações com segurança e evitar prejuízos, especialistas dão algumas dicas:

Pix e pagamento por aproximação

Meio de pagamento favorito de muitos, Cristiano Maschio aconselha a não compartilhar dados Pix em locais públicos, verificar os dados do destinatário antes de realizar qualquer transação e utilizar senhas complexas para as chaves Pix.

“Quanto a pagamentos por aproximação, mantenha dispositivos móveis protegidos com senha ou biometria e, sempre que possível, configure limites de transação”, complementa.

Cartões e monitoramento de contas

Maschio indica utilizar cartões com tecnologia de chip e senha para evitar transações não autorizadas, além de não compartilhar informações sensíveis como senhas e PINs com estranhos.

“Verifique regularmente as movimentações em sua conta bancária, para identificar atividades suspeitas, e relate qualquer transação não autorizada ao banco imediatamente”, reforça.

Wi-Fi público e golpes online

Jonathan Arend, consultor de cibersegurança da keeggo, aconselha foliões a evitarem utilizar redes de Wi-Fi públicas para transações financeiras: “Opte por uma conexão segura, como dados móveis, ao realizar pagamentos online”.

Outros pontos de atenção, segundo Arend, são promoções muito vantajosas e links desconhecidos: “Para compras online, certifique-se da veracidade do site”.

IA é aliada do mercado de trabalho, não inimiga, segundo 123RF

Bloqueio do celular em caso de perda

A dica de Jonathan Arend é manter o celular bloqueado por senha e configurar opções de rastreamento, em caso de perda do celular, além da utilização do aplicativo “Celular Seguro” que pode apoiar a vítima com o bloqueio do número em aplicativos de Internet Banking. O especialista em pagamentos, Cristiano Maschio, recomenda bloquear cartões e entrar em contato com a agência bancária o quanto antes.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo Relacionado

Privacy

Privacy by Design: guardando projetos contra riscos

O mundo digital sempre apresentou uma variedade bastante grande de elementos importantes...

Melhores práticas de investigações corporativas

As investigações corporativas desempenham um papel crucial na manutenção da transparência, integridade...

Motorola anuncia Smart Connect, solução para sincronização de dispositivos

A Lenovo e a Motorola anunciam o Smart Connect, uma solução de software que...