Quem aluga mais equipamentos de TI: Brasil ou EUA?

Publicidade

Os primeiros modelos de outsourcing chegaram no Brasil em 1950, com as empresas de veículos. Porém, foi somente na década de 80 que este tipo de negócio ganhou destaque. Vinte anos depois, no ano 2000, as chamadas outsourcing de TI se popularizaram.

Em comparação aos Estados Unidos, o outsourcing de equipamentos de TI ainda está em expansão no Brasil. Empresas norte-americanas optam por este tipo de serviço desde a década de 90 e encontraram vantagens para os seus respectivos negócios.

Afinal, o que é outsourcing de TI?

Publicidade

O outsourcing (do português, terceirização) consiste na contratação de uma empresa externa para realizar determinado serviço, com o intuito de trazer eficiência aos processos e demandas da empresa contratante.

Entre os diversos tipos de outsourcing, há o outsourcing de TI, que é a terceirização de soluções, serviços e infraestrutura de tecnologia da informação. Neste aspecto, são oferecidos serviços como a locação de equipamentos de TI, como computadores, notebooks, tablets, impressoras, dispositivos móveis etc.

Estados Unidos

O aluguel de notebooks, computadores, tablets, impressoras, equipamentos audiovisuais e softwares já é uma prática popular nos Estados Unidos desde os anos de 1990. Segundo dados do International Data Corporation (IDC), cerca de 80% das empresas norte-americanas já optam pelo aluguel de equipamentos de TI no país.

De acordo com a OnePoll, empresa de pesquisa de marketing, 49% dos executivos de empresas do setor financeiro dos Estados Unidos e da Europa encontram no mercado produtos e serviços ideais para a abordagem tecnológica de seus respectivos negócios.

Este é um dos principais fatores de escolha pela terceirização de equipamentos de TI no país. Metade dos entrevistados acredita que seja mais econômico e lucrativo optar por serviços terceirizados e já disponíveis no mercado.

Brasil

De acordo com a IDC Brasil, o serviço de aluguel de equipamentos de TI no Brasil representa apenas 10% – 70% a menos se comparado aos Estados Unidos. Os dados mostram que a terceirização ainda está em crescimento no país, sendo uma estratégia pouco difundida.

A locação de computadores, por exemplo, tem ganhado muito mais força ultimamente. Também segundo a IDC Brasil, o ano de 2020 apresentou um aumento de 2,6% nos computadores destinados a empresas que prestam serviços de locação, quando comparado a 2019. Ao todo, foram 405 mil equipamentos obtidos.

Por mais que a locação de equipamentos de TI não seja novidade no Brasil, o total de compras ainda é muito mais significativo. A projeção de alta dos aluguéis de notebooks e computadores é de 24% para 2021.

Benefícios da locação de equipamentos de TI

A ideia de que comprar novos equipamentos de TI é uma forma de investir no negócio tem se tornado ultrapassada frente às vantagens do aluguel de equipamentos. “Ao optar por alugar equipamentos de TI, a empresa economizará ao invés de investir logo na implantação da tecnologia. Com isso, poderá investir em outras áreas sem se preocupar com manutenção e atualizações”, destaca Ricardo Marcelino, fundador da Aluga.com.

Ainda de acordo com Marcelino, uma das principais desvantagens da compra são os gastos com a manutenção dos produtos, seguido do seguro, da logística de envio, da assinatura de softwares, entre outros.  Ao alugar um equipamento, as empresas não precisam se preocupar com esses reparos, já que os produtos disponibilizados por empresas terceirizadas são sempre atualizados e modernos, acompanhando as inovações do mercado.

Publicidade

Artigos recentes

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui