Mais

    Com conta para menores, Mercado Pago estimula autonomia financeira desde cedo

    Publicidade

    Para entregar a independência que os filhos curtem e a segurança que os pais precisam para viabilizar os primeiros passos dos adolescentes na gestão das finanças, o Mercado Pago passa a disponibilizar a Conta Menor Idade. O novo serviço pode ser requisitado por jovens de 13 anos ou mais que recebem um cartão de débito sem cobrança de tarifa, taxa ou encargo e com a possibilidade de herdar o mesmo nível do responsável legal no Mercado Pontos.

    Jovens entre 13 e 17 anos interessados na conta Menor Idade precisam baixar o app do Mercado Pago, seguir o passo a passo com documentação e cadastro e indicar quem vai autorizar a abertura da conta. O responsável legal requisitado receberá um email e ao confirmá-lo seguirá com o processo que acontece de forma rápida, simples e segura.

    Após a abertura da conta, o novo usuário terá acesso a grande parte dos diferenciais do Mercado Pago, como cartão de débito grátis e sem anuidade, poderá enviar e receber Pix ilimitado, recarregar o celular, comprar gift cards (Xbox, Playstation, Uber, Ifood), sacar em caixas eletrônicos e contará com o rendimento do dinheiro em conta acima do obtido caso estivesse na caderneta de poupança.

    Publicidade

    “Muitos brasileiros tiveram que aprender na marra e da pior forma possível conceitos como cheque especial e taxa de juros ao ter sua primeira conta bancária somente quando estavam na universidade ou já na fase adulta. Precisamos tornar a conversa sobre dinheiro um hábito nos lares, incluindo principalmente crianças e adolescentes em fluxos autônomos, ensinando-os como lidar com o dinheiro”, recomenda Ignácio Estivariz, diretor sênior de contas digitais do Mercado Pago.

    O produto já está disponível para 100% da base de clientes do Mercado Pago e para novos usuários. Nessa primeira fase, a quase totalidade das liberações da Conta Menor Idade foram viabilizadas por mulheres na faixa etária entre 40 e 50 anos. “Isso reforça o papel decisivo delas na gestão do dinheiro, no controle do orçamento doméstico e na tomada de  decisões financeiras, assim como o interesse em um produto que as auxilie na jornada de incluir as finanças na educação dos filhos”, acrescenta Estivariz.

    Números do Mercado Pago das primeiras experiências com a Conta Menor Idade destacam que 62% dos interessados têm entre 16 e 17 anos. O interesse pela novidade diminui conforme se aproxima a idade mínima exigida para ter acesso ao produto. Quase 1 em cada 5 pedidos são de jovens com 15 anos e 19% englobam quem está com 13 e 14 anos, com boa parte deles vindos dos mais velhos.

    Publicidade

    Artigos recentes

    Notícias Relacionadas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui